Musculação na Adolescência Realmente é Saudável? Entenda!

0
39

Confira nesta matéria a opinião dos especialistas perante a possibilidade da prática da musculação na adolescência, juntamente dos benefícios e conclusão do tema.

A musculação é um esporte completo e atraente, pois ao mesmo tempo que ajuda o indivíduo a manter sua saúde estabilizada, também ajuda no processo de queima de gordura e hipertrofia. Com isso, a musculação chama atenção tanto de quem deseja cuidar da saúde e ter mais qualidade de vida, quanto de quem busca apenas mudanças corporais e cuidados estéticos. Para ambos, a musculação é uma prática realmente efetiva.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Todavia, como qualquer prática e como qualquer ação cuja promova mudança em nosso organismo, a musculação requer alguns cuidados. Alimentação regrada, repouso apropriado, consumo de água em quantidade adequada e execução dos movimentos corretamente são alguns dos cuidados necessários para o melhor aproveitamento desse esporte. Pessoas que não tomam o cuidado de realizar esses procedimentos podem sofrer lesões, arcarem com alguns prejuízos ou simplesmente não conquistarem bom retorno com a prática da musculação.

Na adolescência, costuma haver um interesse especial com o cuidado estético, pois se trata de um período aonde a sexualidade está sendo iniciada, a aceitação em grupos é um desafio diário, e a autoimagem é foco dos pensamentos e objetivos do indivíduo. Por isso, muitas pessoas apresentam desejo de iniciar o treinamento de musculação logo na adolescência, especialmente visando o benefício estético que tal prática ocasiona

.A seguir, você verá os principais benefícios da musculação na adolescência, bem como alguns mitos e receios acerca da prática nesse período do desenvolvimento.

Musculação na adolescência impede o crescimento – mito ou verdade?

Um dos principais medos dos pais ao permitirem a prática de musculação na adolescência, é o interrompimento do crescimento da estatura dos seus filhos.

Associar a musculação a prejuízos no crescimento é um mito. Talvez um dos grandes motivos pelo qual se propagou tal mito, seja o fato do aumento da estatura ocorrer até o período em que manifesta-se o fechamento das cartilagens dos ossos longos. Por algum motivo, deve ter se imaginado que a musculação pudesse comprometer tal processo.

Mas na verdade o que ocorre é o contrário. Com a prática de musculação, a síntese do hormônio do crescimento (GH, do inglês growth hormone) é estimulada. Sendo assim, não apenas a musculação na adolescência não compromete o crescimento, como também pode auxiliá-lo, desde que haja alimentação e repouso apropriados, e o treinamento seja feito em intensidade adequada, supervisionado por um profissional especializado [1].

Cuidados acerca da musculação na adolescência

Via de regra, toda prática esportiva requer certo cuidado. Quanto maior a intensidade ou a complexidade do exercício, tanto mais atento aos cuidados específicos o indivíduo deve ficar. E com relação à musculação na adolescência não é diferente.

Os cuidados acerca da musculação são praticamente os mesmos em todos os períodos do desenvolvimento. Sendo assim, um adolescente que deseja iniciar a prática de musculação deve tomar os seguintes cuidados:

  • Fazer uma avaliação completa antes de iniciar a atividade, incluindo exames de sangue e condição cardiovascular;
  • Procurar um Nutricionista para ajustar a dieta adequadamente;
  • Procurar dormir com qualidade diariamente;
  • Beber bastante água;
  • Seguir rigorosamente as instruções do instrutor da academia;
  • Evitar consumo excessivo de bebidas alcoólicas ou outras substâncias recreativas;
  • Prestar realmente atenção na execução dos movimentos para evitar lesões.

Cabe salientar, que a prática de musculação por adolescentes, normalmente só é permitida quando um responsável legal assina um termo de consentimento na academia. Tomando os cuidados mencionados, a musculação na adolescência tende a apresentar inclusive inúmeros benefícios.

Benefícios da musculação na adolescência

Jovem menina loira bebendo água na esteira

Como mencionado, a musculação é um exercício completo. Trabalha força, resistência, auxilia no emagrecimento e promove mudanças corporais que favorecem a estética. E existem alguns benefícios da musculação na adolescência, cujos fazem com que tal prática seja estimulada, a exemplo os que apresentamos a seguir.

Estabilização do humor

Por definição, adolescente é um indivíduo instável e impulsivo. E seu humor variável é um verdadeiro desafio tanto ao adolescente, quanto a quem convive com ele. Não raro, o adolescente apresenta oscilação entre episódios de tristeza e entre períodos de choro e isolamento, com momentos de euforia e pensamentos de grandiosidade [2].

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A atividade física, sobretudo a musculação, pode ajudar no âmbito emocional. Quando você exercita a musculação, especialmente quando juntamente da prática da malhação há um cuidado apropriado com a dieta, você ajuda seu corpo a produzir e distribuir hormônios e neurotransmissores, substâncias que controlam diferentes processos fisiológicos no nosso organismo. Entre as consequências desta mudança está a regulação do humor, de extrema importância para o adolescente.

Leia também: Grávidas podem praticar musculação? Clique aqui para ler.

Dormir melhor

Em parte por alterações hormonais, típicas do período do desenvolvimento, e em parte por hábitos de exposição à tecnologia, o fato é que o adolescente normalmente dorme extremamente mal. Não raro, fica a madrugada toda acordado em atividades de tecnologia, vai para a escola com sono e acaba dormindo longos períodos na tarde. E essa rotina com certeza não é benéfica para a saúde física nem para a cognição.

Felizmente, a prática de musculação na adolescência ajuda a regular o sono. E isso ocorre por dois motivos. Em primeiro lugar, pelas alterações neuroquímicas que a atividade física regular ocasiona. E em segundo lugar, pelo fato de que o cansaço físico ajuda o organismo a estimular o relaxamento e, consequentemente, permitir que o corpo repouse para economizar energia e recuperar-se após a atividade física.

Hipertrofia

A adolescência é um dos períodos mais favoráveis à hipertrofia, especialmente entre os homens. Por isso, iniciar a prática de musculação no período é extremamente benéfico para o ganho de massa muscular e, consequentemente, perda de gordura.

Além disso, somado aos cuidados alimentares e a rotina de sono apropriado, o estímulo da musculação ajuda o adolescente a regular níveis hormonais.

Cuidados com a saúde física

Com computadores, Smartphones cada vez mais avançados e um universo literalmente disponível na palma das mãos de todos nós, fica difícil para um adolescente ter a disciplina de cuidar da sua saúde e resistir à tentação de ficar navegando na internet de forma sedentária.

A musculação frequente é um dos exercícios mais benéficos à saúde cardiovascular, pois ajuda a regular a pressão arterial, diminui a resistência à insulina, ajuda na queima de gordura e aumenta a resistência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assim, a execução regular dos exercícios auxiliará diretamente à saúde do adolescente.

Como deve ser o treinamento?

Conclusão

Como vimos, a musculação é uma prática extremamente benéfica para a saúde, em qualquer período do desenvolvimento. Tomando os devidos cuidados, não há nenhuma contraindicação. Sendo assim, a musculação na adolescência é uma prática recomendada, que ajuda a promover saúde e qualidade de vida para indivíduos neste período do desenvolvimento.

Estudos

  1. Clin J Sport Med. 2006 Nov;16(6):478-87. Weight training in youth-growth, maturation, and safety: an evidence-based review. Malina RM.
  2. Aletheia 43-44, p.160-173, jan./ago. 2014. Stress in adolescencents: a study with schoolars from a city in southern Brazil. Lígia Braun Schermann Jorge Umberto Béria Maria Helena Vianna Metello Jacob Guilherme Arossi Mariana Canellas Benchaya Nádia Krubskaya Bisch Sofi a Rieth

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui