Como Fazer Um Ciclo de Durateston? Método Revelado!

0
288

Uma das drogas mais famosas é a Dura, ou Durateston. Quem deseja começar seu primeiro ciclo geralmente opta por ela. Então, entenda o porque dessa escolha e como elaborar o seu ciclo de Durateston, conhecendo todos fatores para sua elaboração.

O que é?

O Durateston é um anabolizante esteroide, de solução injetável, formulado a partir de 4 ésteres de testosterona: Proprinato. Iemproprionato, Isocaproato e Decanoato. Sua comercialização é através de receitas médicas e encontrado em farmácias.

Utilizado frequentemente por atletas fisiculturistas profissionais, ou até mesmo atletas amadores que visam aumento significativo da massa muscular.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Entenda porque é ‘relativamente’ segura a droga

Embalagem durateston
Embalagem comercial do Durateston.

Essa substância aumenta os níveis de testosterona no organismo, favorecendo o aumento da massa muscular, tanto por acelerar o processo de recuperação muscular, quanto por aumentar a densidade e integridade das fibras musculares.

”Um ponto positivo acerca do Durateston é que essa substância já foi desenvolvida originalmente para humanos”. 

Sendo assim, o número de efeitos colaterais é significativamente menor, do que pode ocorrer quando se consome alguma substância de uso veterinário para favorecer o aumento de massa muscular, por exemplo: Equipoise (Boldenona).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A substância foi desenvolvida originalmente para o uso em homens idosos, que estivessem apresentando declínio importante dos níveis de testosterona. 

”Após o ciclo de Durateston, os idosos passavam a apresentar maior resistência muscular, menos lesões ósseas, aumento da força e da resistência de músculos que sustentam a postura e movimentos diários, e até mesmo maior disposição e vitalidade”.

Com os resultados benéficos, a utilização do ciclo de Durateston, passou a chamar a atenção de atletas fisiculturistas.

”Como a droga é elaborada por quatro diferentes compostos de testosterona, seu efeito causa um verdadeiro aumento desse hormônio na corrente sanguínea, causando inúmeros benefícios em atletas fisiculturistas”.

Efeitos benéficos

  • Aumento significativo da massa muscular.
  • Redução de dor, desconforto ou até mesmo de lesões após o treino intenso.
  • Recuperação muscular mais rápida após atividade física intensa.
  • Maior disposição e energia para os treinos.
  • Evita o catabolismo (perda da massa magra para manutenção do organismo) [1].

Todavia, para que esses resultados sejam obtidos com maior eficácia, o Durateston, assim como outros anabolizantes esteroides, precisa ser consumido em ciclos por pessoas que estejam realizando treinamento muscular intenso. E existem basicamente três tipos de ciclo de Durateston para administração da droga, os quais serão sintetizados a seguir.

Imperdível: Nossos especialistas ensinam o ciclo ideal de oxandrolona. Clique aqui para ler.

Ciclo curto de Durateston

Duração do Ciclo8-10 Semanas
Dosagem500 mg (Equivalente a 2 ampolas)
Quantia de Viais ≈ 16

O ciclo curto de Durateston dura entre 8 e 10 semanas. Destas, normalmente cinco ou seis semanas são destinadas ao uso do anabolizante, enquanto três ou quatro semanas são de intervalo sem utilizar a substância ou qualquer outro anabolizante esteroide.

”É extremamente importante, que esse período sem uso seja respeitado rigorosamente”. 

Isso, porque esse período evita a intoxicação por abuso de substâncias e, consequentemente, diminui significativamente o risco de efeitos colaterais indesejados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

”O ciclo curto é o ciclo mais seguro para se fazer uso do ciclo de Durateston”.

Qualquer pessoa que não possua nenhum potencial fator de risco, pode consumir a substância dessa forma, desde que esteja acompanhado de um Médico.

Ciclo médio de Durateston

Duração do Ciclo12-15 Semanas
Dosagem500 mg (Equivalente a 2 ampolas)
Quantia de Viais ≈ 16

O ciclo médio de Durateston apresenta duração de 12 a 15 semanas, das quais 8 semanas são para o uso do medicamento, enquanto o restante do tempo (algo que seria entre quatro a sete semanas) destina-se a desintoxicar o organismo. 

”Esse intervalo é extremamente importante para evitar efeitos colaterais indesejados”. 

O ciclo de Durateston médio pode apresentar risco de ocasionar algum efeito colateral, até mesmo em pessoas saudáveis, razão pela qual o intervalo para desintoxicação é tão importante. 

Em geral, os efeitos associados ao ciclo de Durateston de duração média são:

  • Aumento da oleosidade da pele, com risco de surgimento de acne.
  • Retenção de líquidos.
  • Aumento da pressão arterial.
  • Aumento do nível de colesterol LDL.

Ciclo longo de Durateston

Duração do Ciclo14-20 Semanas
Dosagem500 mg (Equivalente a 2 ampolas)
Quantia de Viais ≈ 20

”O ciclo de Durateston de maior duração, estende-se por 10 semanas continuas de uso da substância”.

Naturalmente, esse ciclo aumenta significativamente o risco para efeitos colaterais indesejados sendo, portanto, destinado apenas a atletas profissionais ou a pessoas que realizam um treinamento de alta intensidade. 

Esse ciclo deve ser monitorado por especialistas, e a pessoa precisa certificar-se de sua saúde física antes da iniciá-lo. O risco para efeitos colaterais é bastante elevado.

Como fazer a Terapia Pós Ciclo

QuandoApós 21 dias de uso
Duração1 mês

A TPC ou Terapia Pós Ciclo, é indicada, pois auxiliará ao organismo na retomada da produção dos hormônios naturalmente, obvio que grande maioria deles, em quantidades inferiores as encontradas durante o ciclo de Durateston.

Indica-se os seguintes fármacos:

  • Clomifeno: Auxilia no retorno da produção natural do hormônio masculino (testosterona);
  • Tamoxifeno: Importante fármaco para a prevenção da ginecomastia – aumento da glândulas mamárias.

Efeitos colaterais

Conforme já apresentado, para a presença destes colaterais é ligeiramente menor em pessoas que fazem uso da substância por menos tempo.

Igualmente, atletas que consomem a substância por ciclos mais longos apresentam risco proporcionalmente mais elevado de ter algum efeito colateral nocivo. 

”No entanto, cabe mencionar que qualquer pessoa que faça uso dessa substância pode vir apresentar algum efeito colateral”.

Os efeitos colaterais mais comuns são os seguintes [2]:

  • Retenção de líquidos.
  • Perda de cabelo.
  • Aumento da oleosidade da pele.
  • Acne.
  • Aumento da pressão arterial.
  • Diminuição do nível de colesterol HDL e aumento do nível do colesterol LDL.
  • Aumento do nível de triglicerídeos.
  • Ginecomastia.
  • Em mulheres, pode ocorrer o crescimento acelerado de pelos e a voz pode ficar mais rouca.

Conheça todos efeitos colaterais do Durateston, lendo esta matéria.

Afinal, quais pessoas podem fazer uso de Dura?

  • Não é recomendado o uso de nenhum anabolizantes esteroide por crianças e adolescentes.
  • ”Adultos praticantes de musculação, e que busquem melhores resultados em sua prática esportiva podem fazer uso, desde que sejam avaliados previamente por um profissional de saúde”.

Além do mais, é importante que sejam devidamente acompanhados durante o uso da substância, para evitar reações indesejadas pouco comuns. 

Isso, porque que existem algumas condições clínicas que impossibilitam o uso da substância, tendo em vista, que o risco para efeitos colaterais nocivos torna-se maior nessas pessoas.

Condições que em inviabilizam o uso

Para evitar o aumento do risco de efeitos colaterais, não devem fazer o Ciclo de Durateston pessoas que apresentem alguma das características  a seguir:

  • Hipertensão arterial.
  • Doenças cardiovasculares.
  • Cálculos renais.
  • Histórico de problemas renais com hepáticas na família.
  • Histórico de câncer de próstata da família.

Relato do ciclo

Antes e Depois; Resultados

Antes e depois do ciclo de durateston
Resultados do ciclo no corpo masculino

Conclusão

O presente artigo apresentou diferentes ciclos de Durateston. No entanto, também discutiu alguns efeitos colaterais possivelmente associados ao uso de tal substância, bem como condições clínicas que impossibilitam o atleta de fazer uso. 

A divulgação de tais informações é de extrema importância, tendo em vista que no meio atlético há, ou menos deveria haver, frequente preocupação com a saúde e o bem-estar dos atletas.  Sendo assim, os profissionais que se dedicam a informar acerca dos benefícios de uma substância devem também conscientizar os atletas sobre possíveis malefícios de seu uso abusivo.

Além disso, é de extrema importância ressaltar sempre a relevância do acompanhamento médico para atletas, tanto usuários de anabolizantes esteroides quanto não usuários.  Isso porque a atividade física intensa, ainda que possa ser prazerosa para os adeptos, gera estresse físico e pode expor organismo acerto malefícios.  Importante incentivar a cultura de buscar o bem-estar e a saúde física tanto quanto se busca melhorias estéticas.

Fontes

  1. Efeito de doses supra fisiológicas de esteroides anabolizantes androgênicos no cerebelo de camundongos. Luana de Souza Gorini, Dauanda Kecia Silva, Débora Mantoan Alves, Wagner Costa Rossi Junior e Alessandra Esteves.
  2. http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/frmVisualizarBula.asp?pNuTransacao=10564812015&pIdAnexo=2980508

Então, conte para nós do blog, nos comentários, você iniciará seu ciclo de Durateston ou não?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui