Uma modalidade do treinamento de força, sempre presente em competições olímpicas, é, sem dúvidas, o Levantamento de peso olímpico. Uma modalidade que muitos assistem durante as olimpíadas, mas poucos, realmente, conhecem as regras do esporte.

Ou, melhor ainda, poucos sabem que o Levantamento de peso olímpico pode ser chamado também de: lpo (sua sigla), halterofilismo e, ainda, a halterofilia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Então, prepare-se, pois você vai aprender tudo sobre essa modalidade! Boa leitura!

O que é LPO?

O Levantamento de Peso Olímpico (LPO) ou halterofilismo é uma modalidade esportiva em que o atleta realiza a tentativa de levantar o maior volume de peso em um único movimento.

A modalidade faz parte dos Jogos Olímpicos modernos e é considerado um dos principais esportes de força dentro do cronograma olímpico. Após muitas mudanças e evoluções, hoje o LPO já é praticado por homens e mulheres ao redor do mundo.

História do levantamento de peso olímpico

halterofilismo

Parte essencial entre as modalidades apresentadas nos Jogos Olímpicos, poucos sabem que o levantamento de peso surgiu há muitos séculos apenas para determinar quem era mais forte. Ele também foi utilizado ao longo da história com outros propósitos pelas civilizações. Na China, o levantamento de peso era uma das etapas de recrutamento do exército. Já na Grécia, ele era uma forma de aquecimento para a prática de outros esportes.

Os primeiros registros do Levantamento de Peso como competição estão na Europa do século XIX. O primeiro campeonato mundial da categoria ocorreu em 1891. Entretanto, na época não existia separação por categorias e a participação era apenas permitida para homens. Essa consagração do esporte a nível mundial foi o que definiu a sua inclusão logo na primeira edição dos Jogos Olímpicos, em 1896.

A categoria passou por altos e baixos ao longo do início da história dos Jogos Olímpicos. Ausente nos jogos de 1900, ela voltou a aparecer em 1904, mas não fez parte das edições de 1908 e 1912. Com o cancelamento dos jogos durante o período da Primeira Guerra Mundial, a modalidade voltou a aparecer apenas em 1920. Após algumas modificações ao longo dos anos, o LPO só foi consolidado com o modelo atual nos Jogos Olímpicos de 1932.

Ao longo de grande parte da sua história, o Levantamento de Peso Olímpico foi praticado apenas por homens. Em 1987, ocorreram as primeiras premiações de mulheres em competições mundiais de levantamento de peso. Mas, foi apenas em Sydney, nos anos 2000, que as mulheres conquistaram uma categoria oficial na competição.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Categorias do halterofilismo

Jaqueline-Antonia-Ferreira-rio-2016
Destaque para atleta brasileira, Jaqueline Antonia Ferreira, competindo no Rio 2016.

O levantamento de peso como esporte individual possui as mesmas regras para todos. As competições de LPO são divididas apenas de duas formas: faixas etárias e classes de peso.

Determinadas pela Federação Internacional de Halterofilismo, a faixa etária dos competidores fica dividida em três: juvenil (até 17 anos), júnior (entre 18 e 20 anos) e adulto (com 21 anos ou mais). Os grupos são divididos de acordo com o ano de nascimento de cada atleta e a participação só pode ocorrer em uma categoria. Dentro das regras oficiais dos Jogos Olímpicos, a idade mínima para participação é 16 anos.

Já em relação às classes de peso, a divisão é mais complexa. São sete categorias femininas e oito masculinas. Dentro dos Jogos Olímpicos, a divisão de categorias é a mesma para todas as faixas etárias. Os atletas de LPO são distribuídos de acordo com a sua massa corporal apresentada nas pesagens oficiais.

Na modalidade feminina, as categorias são:

Peso mínimo  Peso máximo
Menos de 48 kg 48.00 kg
53,01 kg 58,00 kg
58,01 kg 63,00 kg
63,01 kg 69,00 kg
69,01 kg 75,00 kg
75,01 kg 90,00 kg
90,01 kg Em diante

 

Já entre os homens, a divisão é:

Curta para receber conteúdos exclusivos!
(Matéria continua abaixo)

Categoria Peso mínimo Peso máximo
Galo Menos de 56 kg 56 kg
Pena 56,01 kg 62,00 kg
Leve 62,01 kg 69,00 kg
Médio 69,01 kg 77,00 kg
Meio-médio 77,01 kg 85,00 kg
Meio-pesado 85,01 kg 94,00 kg
Pesado 94,01 kg 105,00 kg
Super pesado 105,01 kg Em diante

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Regras

A disputa de todas as provas ocorre em um tablado de 4m por 4m, com altura máxima de 150mm.

Dentro do equipamento masculino:

  • Barra pesa 20kg e possui 2,20m de comprimento – seu diâmetro é de 28mm.

Já na categoria feminina:

  • Barra pesa um total de 15kg, com 2,01m de comprimento e diâmetro de 25mm.

Os atletas possuem três tentativas para levantar o maior peso possível. Após o sucesso em uma dessas tentativas, ocorre o aumento da carga levantada. Entre a primeira e a segunda tentativa, é necessário adicionar no mínimo 2kg na carga do atleta, já entre a segunda e a terceira, o aumento deve ser no mínimo 1kg.

A vitória é definida pelo atleta que conseguir levantar mais peso na combinação entre os movimentos de arranque e arremesso. Ainda, em caso de empate, o título é do atleta que pesar menos.

Em relação às cargas, a divisão é feita por cores e pesos. Os discos brancos pequenos representam 0,5kg e os grandes são um total de 5kg. Quando falamos dos verdes, os menores pesam 1kg e os maiores 10kg. Os pesos amarelos são divididos entre 1,5kg e 15kg. Já os azuis apresentam as marcações de 2kg e 20kg. Finalizando, os vermelhos pequenos possuem a carga de 2,5kg e os grandes de 25kg. Todas as cargas precisam conter uma indicação clara e visível do seu peso.

Exercícios avaliados em competições

Arremesso lpo
Exercício Arremesso, no Rio 2016.

A competição de LPO é divida em dois movimentos. O arranque é realizado com o atleta levantando a barra do chão até acima da cabeça em apenas um movimento, sem o apoio em outras partes do corpo. A execução pode ser adaptada para a forma mais adequada e confortável para o competidor. A única parte que pode tocar o solo são os pés. O atleta só pode sair da posição final e soltar a barra após o sinal dos árbitros presentes.

Já o segundo movimento, chamado de arremesso, é realizado de forma diferente. Nesse momento, o atleta levanta a barra por cima do peito e até os ombros, realizando uma parada. Logo após, o movimento é completado quando o atleta ergue a barra acima da cabeça. Esse movimento permite uma maior estabilização do atleta durante a realização do movimento. Ainda, nele também é necessário aguardar o sinal dos árbitros para largar a barra.

Veja a final da categoria musculina super pesado -105 kg-, no Rio 2016:

”Resumido a ópera”, o infográfico abaixo, resume e ilustra tudo que você leu até agora.

Infográfico halterofilismo

Como é o treino de um atleta profissional?

O treino dos atletas profissionais é muito semelhante com o que é realizado durante a competição. Por ser um esporte essencialmente de força, os atletas de LPO costumam alternar treinos do movimento com rotinas de exercícios para fortalecer o corpo. Perto de competições, a rotina de treinos costuma ser alterada pela equipe, de forma que corpo e mente estejam preparados para a competição.

Outro ponto importantíssimo para o bom desempenho do atleta é manter uma dieta rígida e acompanhada por profissionais. A dieta dos atletas é composta essencialmente por nutrientes que ajudam principalmente no fortalecimento dos músculos e na disposição do atleta. Assim como qualquer esporte olímpico, o LPO exige muita dedicação e disciplina dos praticantes.

Ouvi falar que há tênis, sapatilhas e outros equipamentos específicos para esse esporte, é verdade?

Equipamentos de Levantamento de Peso Olímpico
Na foto: Tênis apropriado para treinamento de força, cinta e vestimenta dos atletas.

Sim. Como qualquer esporte, o levantamento de peso precisa de um equipamento adequado para a exigência que o movimento faz para o corpo. Desta forma, é recomendado o uso de tênis mais rígidos. Eles possibilitam uma maior estabilidade do pé e maior proveito da força de ação e reação contra o tablado. Ainda, esse tênis possui uma sola no calcanhar entre 1 e 3 cm, utilizada para diminuir o esforço no tornozelo e corrigir a postura – útil também em exercícios como agachamento livre.

Além do tênis, um outro acessório visto constantemente em competições é o cinto para LPO. Esse cinto possibilita um maior suporte para a lombar e o aumento da segurança do movimento. Entretanto, pode se tornar vilão se a técnica do praticamente não for a correta. Ou seja, pode transformar a lesão em uma mais grave. Por isso, ele é apenas indicado para atletas profissionais com acompanhamento de profissionais qualificados.

A roupa utilizada nas competições também precisa apresentar algumas especificações. A aprovação do uniforme escolhido é feita pela federação de cada competição. Os uniformes precisam ser ajustados ao copo e só podem cobrir as pernas até o joelho. Ainda, o atleta pode escolher uma peça única ou a composição da roupa por duas peças.

Leia também: O que é Crossfit?

Achei meio parecido com o crossfit, mas têm diferenças?

O LPO é um esporte olímpico, realizado em uma competição individual para atletas dessa modalidade. Entretanto, o levantamento de peso clássico faz parte da rotina de quem pratica Crossfit. Por ser um movimento que ativa diversas regiões do corpo e ajuda no aumento da força, ele é muito benéfico para os atletas do Crossfit.

Além disso, o LPO é uma modalidade exclusivamente focada no aumento de carga. Já no Crossfit, o levantamento de peso costuma ser feito de forma mais dinâmica, com uma carga não tão elevada e realizado em meio a diversos outros exercícios.

Com esse cenário, a prática do Crossfit pode ser uma boa alternativa para quem deseja conhecer mais sobre o LPO e suas técnicas de uma forma mais dinâmica.

E então, o que você achou desta modalidade: o levantamento de peso olímpico ou lpo? Deixe sua opinião através dos comentários!

Que nota você dá para nossa matéria?
[Total: 1 Média: 5]

Deixe uma resposta